Blog

Gestão é a nossa causa.

5 dicas de crescimento empresarial para seu negócio expandir com qualidade

O crescimento empresarial, ainda que seja um caminho natural para toda empresa que está se desenvolvendo, traz uma série de desafios – conhecidos como as “dores de crescimento”. Neste sentido, o primeiro aspecto que precisa ser considerado é que a empresa precisa estar preparada para crescer. Ou seja, ela precisa ter vencido alguns desafios de maturidade de gestão que permitam o seu crescimento. 

Para entender mais sobre o momento de maturidade de gestão da sua empresa, faça o nosso Quiz de Maturidade de Gestão

Essa preparação significa ter um modelo de negócio eficiente, uma estratégia clara, processos padronizados e pessoas que sabem as suas responsabilidades, por exemplo. Além disso, a empresa também precisa ter uma estratégia de crescimento nítida – e entender os pilares que vão ser fundamentais ao longo desse processo. 

O que é crescimento empresarial?

O crescimento empresarial é marcado pelo momento que a empresa passa de ter uma entrega limitada – a prestadores de serviços específicos, ou regiões e pontos de venda específicos – para ter uma entrega ampla. Trata-se do exercício de conduzir uma empresa pequena na replicabilidade da sua entrega. 

Para uma empresa de serviços, por exemplo, o crescimento se dá quando o serviço é ampliado e passa a ser prestado por novas pessoas. Por sua vez, em uma empresa de varejo, o crescimento se tangibiliza pelo número de pontos de venda. Enquanto isso, na indústria, o crescimento se dá muito pelos canais e regiões atendidas pelo produto.

É importante mencionar que o processo de crescimento empresarial depende muito das lideranças. O exercício de conduzir uma empresa no seu crescimento exige alinhamento, planejamento e muita capacidade de execução do empreendedor ou empresário e das principais lideranças de um negócio.

Quando saber o momento da empresa crescer?

O momento certo para crescer é quando a empresa já venceu as suas questões estruturais – e também já conseguiu ampliar faturamento e lucro com práticas de desenvolvimento. Depois desse momento, a empresa precisa ter uma estratégia de expansão – e conquistar, com muito foco na execução, o crescimento do negócio.

O primeiro nível de maturidade de gestão revela que a empresa precisa entender o seu negócio. Neste sentido, ela precisa ter clareza da sua missão, seu modelo de negócio e da sua persona. Os sócios precisam ter alinhamento de ambições, funções definidas e valores claros. Antes desses pontos bem definidos, a empresa não tem condições de crescer.

Após esse nível inicial, no entanto, a empresa passa pelo processo de estruturar e desenvolver o seu negócio. Isso passa pela expansão do modelo de negócio em si, assim como a estruturação do financeiro, dos processos e do comercial. Nesta fase também é importante ter uma estrutura de pessoas clara e que evidencie como as pessoas crescem na organização. É apenas após essas fases que se inicia o processo de crescimento – e pode-se considerar o momento certo de uma empresa crescer.

Quais são os benefícios do crescimento empresarial?

Quando uma empresa cresce, é sinal que o seu modelo de negócio faz sentido para o mercado. Ou seja, os clientes se beneficiam daquela oferta e os colaboradores estão engajados com a organização. 

O crescimento, então, é benéfico para todas as partes envolvidas com um negócio. Os sócios vão ampliar a capacidade  da  empresa de gerar lucro, os clientes vão poder ter melhor  acesso aos produtos e serviços e os colaboradores vão ter novas oportunidades de crescimento.

5 dicas de crescimento empresarial para seu negócio

Apesar do crescimento ser muito benéfico para todas as partes, ele também traz uma série de desafios e obstáculos. Para contribuir nesta jornada, preparamos algumas dicas que podem ajudar os gestores a tomarem melhores decisões neste momento. Confira a seguir!

  1. Tenha um planejamento claro

Todo processo de expansão sempre começa na estratégia da empresa como um todo. Antes de tudo, a empresa precisa ter norteadores estratégicos claros e um bom planejamento estratégico. Além disso, esse último plano precisa estar desdobrado em um planejamento financeiro que suporte as decisões que a empresa vai tomar ao longo do processo de crescimento.

Dessa forma, o plano financeiro vai traduzir qual a projeção de receitas, custos e despesas da empresa – permitindo que o gestor entenda qual a necessidade de investimento, capital de giro e esforço para a realização do planejamento. Para saber mais sobre plano financeiro, confira nosso artigo clicando aqui

  1. Faça o controle constante do fluxo de caixa

Além de um bom planejamento, a empresa também precisa ter um controle extremamente detalhista do seu fluxo de caixa. Muitas vezes o processo de crescimento exige uma alavancagem financeira – principalmente quando o ciclo financeiro é negativo. Ou seja, quando opagamento dos clientes é posterior a compra de insumos, isso faz com que haja um risco atrelado a esse movimento.

Leia também: Capital de giro: essencial para a saúde financeira 

Para isso, é necessário uma boa estrutura financeira, com registros adequados, e que permitam tanto a análise do DRE gerencial quanto do fluxo de caixa. Sempre com um olhar de passado (realizado) e de futuro (projetado). 

  1. Invista na sua equipe

Outra dica valiosa no processo de crescimento empresarial é o investimento nas pessoas. Todo crescimento passa pelas pessoas de um negócio. Por isso, garanta que haja uma estrutura que suporte esse crescimento – onde as pessoas saibam quais os valores da empresa, qual a cultura e quais as funções, responsabilidades e expectativas de cada cargo e posição ocupada.

Também é importante evidenciar o plano de carreira existente no negócio para que as pessoas saibam o que precisam fazer para crescer. Se esses objetivos estiverem claros, certamente as pessoas vão se dedicar mais e gerar melhores resultados. Não existe processo de crescimento sem investimento em pessoas. Por isso, leia mais sobre gestão de pessoas com o nosso artigo!

  1. Mantenha uma gestão focada

Nossa quarta dica é manter uma gestão focada em seu negócio. A gestão é o caminho que a empresa percorre para ter resultados; ou seja, é essencial em um processo de crescimento. Para isso, é importante que a empresa tenha um modelo de gestão definido, saiba o que precisa ser feito, controlado e como vai ser acompanhada a execução e os resultados do negócio.

  1. Valorize o poder do marketing para o seu negócio

Por fim, lembre sempre que o marketing é uma ferramenta de extrema importância para que o seu negócio seja conhecido. Além disso, ele garante que você tenha cada vez melhores produtos e/ou serviços e que a proposta de valor seja reconhecida facilmente no mercado.

Saiba mais sobre a maturidade do seu negócio baixando gratuitamente o nosso e-book Matriz de Maturidade de Gestão!