Blog

Gestão é a nossa causa.

Gestão de ativos: o que é, benefícios e como colocar em prática

A gestão de ativos é uma prática de gestão exercida dentro da temática do financeiro e que tem como objetivo garantir a boa aplicação dos recursos da empresa do curto, médio e longo prazo. 

O que são ativos?

Os ativos são todos os recursos disponíveis da empresa – desde aqueles que têm maior liquidez (valores em caixa), até os imobilizados (ativos físicos). Sendo assim, quanto mais resultados financeiros o negócio vai acumulando ao longo do tempo, mais recursos disponíveis para investimento a empresa terá. 

O que é gestão de ativos?

Todo negócio, de um modo geral, exerce constantemente a aplicação dos seus ativos. Isso seja por deixar valores em caixa, alocar em algum projeto, ou até mesmo pagando fornecedores. Então, na sua essência, a gestão de ativos é garantir a melhor alocação de recursos. Ou seja, aplicar no que vai trazer maiores resultados, com menor risco.

Qual a importância da gestão de ativos?

Com base nisso, fica evidente que a importância de entender a gestão de ativos passa por garantir a sustentabilidade do negócio a longo prazo. Em outras palavras, a boa gestão vai assegurar que os recursos estão sendo aplicados sempre da melhor forma, com maior retorno e gerando mais lucro para o negócio.

Como fazer uma boa gestão de ativos?

De modo a exercer uma boa gestão de ativos, o primeiro passo é entender que todo pagamento é uma forma de aplicar os seus recursos disponíveis. A partir disso, qualquer alocação precisa levar em consideração qual a atratividade e retorno esperado.

Como forma de exemplificar, quando aplicam-se os recursos em fornecedores ligados ao negócio (core business), o retorno que se espera é a própria lucratividade da operação (lucro do negócio). Por outro lado, quando aplicados em algum projeto específico, pode-se entender que o custo de oportunidade é mais atrativo e, portanto, vai trazer um retorno melhor para o negócio. 


Ainda é importante reforçar que todos os recursos são finitos e, por isso, precisa existir o questionamento de qual aplicação garante maior retorno.

Como a gestão de ativos contribui para a gestão financeira do meu negócio?

Como forma de resumir, uma das atividades da gestão financeira é a gestão de ativos. Muitos investimentos que acontecem em empresas possuem um retorno financeiro que demanda tempo. Por isso, não podemos pensar na gestão de ativos somente do dia a dia. 

Nesse sentido, toda decisão financeira tem um custo de oportunidade. Então, quando os recursos são sempre aplicados na operação, estamos tendo um olhar míope sobre a gestão. 

Esse artigo procura provocar os gestores e empreendedores a pensarem que todo capital disponível do negócio precisa ser aplicado. E lembramos: quando ele está parado, o custo de oportunidade é alto. Portanto, pensar nessas questões auxilia a garantir os melhores retornos para a empresa a longo prazo.

Quer se aprofundar na temática? Então leia, também, o nosso artigo sobre a importância da gestão financeira!