Blog

Gestão é a nossa causa.

Entrevista Lucianne Canto

Entrevista – 5 perguntas para Lucianne Canto

1 – Quem é você, de onde vem e o que faz?

Sou administradora, graduada pela ESPM-Sul e com parte da formação na Universidade de Nebrija, em Madrid. E sou mestranda em gestão e negócios pela Unisinos e pela Universidade de Poitiers, na França. Minha trajetória profissional se iniciou no Movimento Empresa Júnior, que tem sua essência baseada no empreendedorismo. Atuei como gerente de Vendas e Marketing do Grupo Amanhã durante três anos e atualmente sou sócia-diretora da 4CINCO, empresa que potencializa as empresas pequenas e médias através de três unidades de negócio: uma consultoria, uma escola e uma intermediadora de capital.

2 – O que a levou para a área de Administração, com especialização em Gestão e Governança Corporativa?

Sempre quis trabalhar com empresas e na área da Administração. Mas logo que ingressei na graduação me imaginava trabalhando como executiva em grandes empresas. Essa ideia começou a mudar após atuar durante três anos na Empresa Jr. ESPM, sendo o último ano como presidente. A experiência intensa na gestão de uma empresa me fez repensar a carreira executiva em grandes organizações.

O foco na Governança Corporativa surgiu no final da graduação, quando desenvolvi meu trabalho de conclusão de curso nessa área. Acredito que a governança seja um dos principais temas da gestão atual e um grande desafio para as empresas brasileiras. A minha dissertação de mestrado busca esclarecer como ocorre, e com qual intensidade, a relação do Conselho de Administração com a estratégia das empresas. Estou entrevistando os presidentes de conselho das maiores empresas do Brasil, com ações listadas no novo mercado. Essa experiência, somada ao conhecimento em gestão, me permite também desdobrar o assunto para as pequenas e médias empresas, que é o foco de atuação da 4CINCO.

3 – O que a criação da 4CINCO representa na sua vida profissional?

A 4CINCO foi uma oportunidade de empreender atuando em uma área que domino e tenho interesse. É muito desafiador trabalhar buscando potencializar e atingir o alcance máximo que as empresas podem obter. As experiências com nossos clientes, de diferentes áreas e segmentos, nos proporcionam um nível de desenvolvimento e aprendizado muito grande. A 4CINCO é uma empresa de um ano, mas com um sonho bem tangível e isso representa um grande desafio na minha vida profissional. Acredito que hoje minha atuação profissional, através da 4CINCO, e acadêmica, com o mestrado, tem uma sinergia e relação de bastante profundidade.

4 – O que a levou a empreender nessa área?

Eu nunca me imaginei empreendendo só pelo desafio de abrir uma empresa. Considerei essa opção por encontrar e desenvolver um modelo de negócio no qual eu acredito e me identifico, que tem um propósito claro. A 4CINCO surgiu de uma necessidade que eu e minha sócia víamos no mercado de consultoria e, ao mesmo tempo, de um diagnóstico de que as empresas pequenas e médias, na sua maioria, não atingem o seu ‘alcance máximo’. Diante desse cenário, nós planejamos e desenvolvemos a empresa para atender a essas necessidades e também posicionamos com os nossos objetivos profissionais e pessoais.

5 – Quais os principais desafios de quem trabalha com gestão de negócios?

Na 4CINCO nós costumamos dizer que empreender e ser empresário no Brasil é praticamente um ato heroico. Então, acho que o desafio de trabalhar com gestão e negócios é justamente ter muita disciplina e foco para superar os desafios impostos pela atividade de liderar uma empresa. E acredito que muitas organizações, principalmente as pequenas e médias, ainda não tenham atingido o seu potencial máximo, porque pensamos que ele depende de uma gestão adequada, e ainda existe muita falta de clareza nessa atividade. Nosso propósito é fazer com que os empresários e gestores consigam atingir os seus objetivos através da gestão.

 

Fonte: Coletiva

Leave a Reply