Blog

Gestão é a nossa causa.

Controle financeiro: onde você quer chegar?

Não é muita novidade que a gestão financeira é um elemento central nas empresas. Ter as finanças sob controle é sinônimo de manter sua empresa saudável e preparada para desafios, riscos e oportunidades do mercado.

Mas afinal, o que são as finanças?

No seu conceito amplo, as finanças são responsáveis por todas as decisões do negócio – ou seja, todas as atividades passam pelo setor financeiro. Essas decisões devem visar a valorização da empresa, aumento de rentabilidade, controle sobre os riscos e identificação de custos de oportunidades.

Não podemos mais olhar o setor financeiro como “contas a pagar e receber”. Até pode ser que esse analogia tenha sido verdade quando o principal desafio das empresas era controlar a inflação e não se tinham informações suficiente para controle. No cenário atual – e não estamos falando somente da crise -, todas as empresas devem adotar posturas mais competitivas para se manterem nos mercados de maneira lucrativa.

Hoje os departamentos financeiro devem atuar de maneira estratégica – seja pensando em precificações inteligentes e lucrativas, otimizando custos, controlando orçamentos em planos de contas organizados e utilizando de todas essas informações para aumento de margem da companhia.

Mas por onde devo começar?

Tenha claro um horizonte estratégico da empresa. As finanças só irão apoiar e facilitar as decisões se a empresa estiver com a clareza de onde quer chegar. O plano estratégico deve ser o ponto de partida para desdobrar ações, táticas e controles para o crescimento da empresa.

As atividades necessárias para desempenhar todo esse plano deve conter diferentes orçamentos e controles financeiros. Quanto vai custar tirar todos esses projetos do papel? Qual é o meu retorno esperado por estar implementando essa nova linha de produtos?

A projeção de receitas e despesas é a tradução em números desse planejamento, que deve ser controlado a partir de um modelo de gestão eficiente.

As mudanças do dia a dia

Analisando as projeções financeiras com as realizações do dia a dia é que você vai conseguir entender se está no caminho certo. Avaliar as informações financeiras é entender o gap entre a expectativa e o que está de fato acontecendo.

Se ocorrer desvios e a expectativa estiver muito aquém da realidade, é o momento de corrigir os projetos. Entender aqueles projetos que estão tendo maior resultado, e aqueles que não fazem mais sentido pelo contexto de mudança, é importante e faz parte do processo. Com o orçamento já pré definido, fica mais fácil estar preparado para esse tipo de situação e rapidamente já adaptar o planejamento anual.

Por fim, acompanhe de perto o resultado da sua operação!

Não é difícil se deparar com situações em que a operação da empresa é negativa e, mesmo assim, os sócios continuam rodando o negócio e trabalhando para pagar juros. No acompanhamento de todas essas atividades, o resultado final deve avaliar o EBTIDA e margem líquida. Entenda as referências do seu mercado e acompanhe mensalmente esses dois indicadores financeiros que traduzem bastante coisa sobre sua empresa!

Para maiores informações: contato@4cinco.com / 51 3084-4554

Leave a Reply